Indignação-parte 2

A indignação é o fermento que faz levedar a massa do que há de melhor dentro de você.

Quando você se indignar ao extremo com algo, terá forças e criará meios para mudá-lo. As coisas que te deixam furioso são pistas daquilo que você veio ao mundo para ajudar a corrigir. Odeio a injustiça. Fico enfurecido quando vejo a desonestidade e mau caráter dos políticos eleitos em nosso país, que empesteiam os jornais e o país com suas falcatruas e descaramento, usando a legislação de forma espúria. Por conta disso mudei meu comportamento eleitoral e passei a ensinar crianças e jovens sobre o poder que o código eleitoral nos dá. Me irrito com a ignorância. Quando ouço e vejo pessoas mal informadas, sofrendo e morrendo por acreditarem em mentiras que a mídia conta, algo ferve dentro de mim. Meu desejo de ensinar é imenso. Viajo o país todo ministrando aulas e palestras, chego a esquecer do tempo, de tão obcecado em ensinar. Empregados improdutivos e preguiçosos constituem uma fonte inesgotável de irritação para mim. Tenho certeza de que isso é um sinal de Deus para mim, me mostrando o propósito dEle para minha vida. Por isso visito empresas, atendo pessoas, dou aulas, escrevo livros, gravo vídeos, envio artigos semanais, elaboro soluções e crio meios para que as pessoas aprendam os males da preguiça e do descaso, e mudem de atitude. Me enfureço ao ver crianças mal tratadas, espancadas e abandonadas pelos pais. Me indigno ao constatar que essas crianças provavelmente se tornarão adultos infelizes. Por isso decidi mover meios e pessoas para um projeto denominado “CRIANÇAS INCOMUNS”, e oriento pais e mães em todos os lugares onde vou.

Somente pessoas indignadas e inconformadas com as injustiças podem mudar drástica e profundamente sua geração. Algo sempre cresce dentro de você – seja o inconformismo ou a resignação.

“É impossível que não venham escândalos, mas ai daquele por quem vierem! Melhor lhe fora que lhe pusessem ao pescoço uma mó de atafona, e fosse lançado ao mar, do que fazer tropeçar um destes pequenos” (Lucas 17:1-2).

Que sua semana lhe traga o que você mais deseja! Um abraço e meu carinho,

Ivan Maia

 

 

Popularity: 12% [?]


Tagged as: , , , , , , , , , , , ,

Comentários

  • Edson Baron :

    Caro Ivan,

    Seus manifestos sempre ótimos, para começar a semana a todo vapor. Muito bom!!!

    Quero apenas agregar algo ao seu texto que acho de muita importância.

    Nossa classe política merece pouca credibilidade??? Impossível não concordar com você!

    Mas a classe política em geral é apenas reflexo do que é sociedade.

    - A maioria dos cidadãos brasileiros são éticos (no sentido profundo da palavra) ??? Não! Não é!

    Talvez sejamos incoerentes ao jogar tudo nas costas dos políticos. Temos que olhar um pouco mais para nós mesmos, para o que fazemos em nosso dia-a-dia, para o exemplo que damos a todos ao nosso redor.

    Poderia elencar uma infinidade de comportamentos equivocados que muitos fazem todos os dias agindo como se nada disso fosse grave, mas é! (passar no sinal vermelho, fraudar o imposto de renda, desrespeitar limites de velocidade, comprar e vender sem nota fiscal, beber e dirigir, criar um twiter só para informar em tempo real onde está havendo blitz da lei seca visando avisar os beberrões que continuam matando inocentes nas ruas – vi essa dia desses, é mole! -, e etc. etc. etc.). São comportamentos que refletem o quanto falta de cidadania em nossa sociedade.

    Temos uma carga tributária altíssima, sem sombra de dúvida, mas talvez da mesma “altura” da sonegação fiscal.

    Também não podemos esquecer que políticos corruptos se relacionam com empresas e com outros cidadãos para obter sucesso em seus malfeitos.

    Essa aprendi com um brilhante professor de ética no meu MBA:

    - Qual a diferença entre um político corrupto e um sonegador de impostos?

    - A diferença é apenas o momento do roubo: Um rouba antes de recolher o imposto, o outro depois de recolhido.

    - Ambos são ladrões iguais!!!

    São palavras duras. São!

    Mas enquanto não mudarmos nossos comportamentos, não conseguiremos exigir que nossos políticos mudem. Eles são reflexos de nossa sociedade.

    Grande abraço,

    Edson

  • Carla :

    Caro amigo Ivan
    Bom dia.
    Na eterna busca do crescimento, estas palavras são importantes, para quem deseja crescer, evoluir e principalmente mudar a si mesmo!
    Mudando a si mesmo, mudamos o universo, estamos todos conectados!
    Paz, Amor, Saúde, e porque não… muita indignação?? Assim teremos teu maravilhoso trabalho, mudando vidas Brasil a fora.
    Obrigada por tudo
    Forte Abraço
    Carla

  • Dani :

    obrigada por sempre estar enviando suas mensagens, pois isso tem trazido muitas mudanças em minha vida! uma otima semana pra vc tb Dani !!!!!!!!!!!!!!!!

  • Mara :

    Nossa!
    Me comportei assim hoje, pois recebo sempre na empresa uma boleta falsa no valor alto de R$296,00 e sempre quando recebo fico indignada, como pode fazer uma boleta em nome do Banco do Brasil e tirar o dinheiro de quem está batalhando para ter algo. Assim ganha fácil nas custas dos outros. Então, eu scaneei a boleta, achei um comentário da própria boleta falsa na internet e encaminhei aos meus amigos, para que essa palhaçada seja erradicada, assim a maioria das pessoas terão o conhecimento de que essa boleta é falsa e ninguém pagará para esse ladrão.

    sempre digo: que a indignação é a alavanca para o sucesso!

    Adorei o texto e vou te encaminhar o falso boleto, quem sabe já não viu essa boleta. Fique esperto!

    Um abraço e tudo de bom!

    Mara

  • MARIA CÉLIA :

    OLÁ

    IVAN…

    Perfeito!!! levedar a massa do que temos de melhor. Se a indignação for de fato verdadeira e não superficial , encontraremos a essência.

    Não devemos ficar presos a conceitos mediocres que são colocados pelos ditos intelectuais de nossa sociedade ..devemos sim é mostrar o que fazemos …o que de fato estamos realizando em busca de uma vida mais digna para todos….seus manisfestos não são meras palavras …vc. coloca atitudes em busca de resultados …em busca daquilo que há de melhor em cada ser “DESPERTAR A CONSCIÊNCIA”.

    Parabéns é pouco …sou grata por seus ensinamentos.São raras as pessoas ,hoje, em nosso planeta que falam e fazem buscando o bem comum. Espero sinceramente tb. fazer algo de concreto ainda nesta existência…pq. caso contrário é como você e a outros mestres colocam ” Estamos vivos , mas não existimos”.

    Abraços carinhosos

    Maria Célia

  • maxwell :

    Ola caro amigo!

    O nosso mundo ta cheio de pessoas assim, no meu ambiente de trabalho e a mesma coisa, as vezes causam acidentes de tao relaxados que sao, nao temtam fazer seus trabalhos com esmero e dedicacao, esse e um dos motivos das empresas brasileiras contratarem mao de obra estrangeira, e ficamos a merce de algumas laranjas que apodrecem o cesto inteiro.
    Deus nos ve e nos da o merecimento para desbravar os horizontes e espalhar a boa nova, continue caro amigo o seu caminho de luz em direcao ao sucesso.
    Maxwell

  • Soraia :

    Obrigado por mais uma mensagem de conforto para minha alma. Conforto de saber que tudo que vc escreve e pensa e verdadeiro.

    Grande abraço.
    Soraia

  • Virgínia Pimentel :

    Carissimo PROF.IVAN, parabéns pelo seu empenho com as criancinhas brasileiras. Que elas se politizem…para mudar tudo que está errado, se indignando, procurando os acertos. Continue com seu digno trabalho. Com meu abraço, VIRGINIA

  • josivaldo :

    BOA TARDE !!!parabéns pelo trabalho e continue a desenvolve-lo de forma coerente, com sua seriedade de sempre…
    feliz dos que tem oportunidade de escuta-lo e seguir suas ideias. um grande abraço

  • Maria Regina Nina Rodrigues :

    Estimado Prof. Ivan Maia.

    Quantas vezes nos omitimos diante das injustiça socias existentes em nossa sociedade ! Não nos comprometemos em minimizá-las, muito menos discordar e contestar através de atitudes e ações concretas, junto aos que são marginalizados e excluídos, impedindo-os de virem a usufruir dos beneficios de cidadania que lhes pertence, enquanto pessoas partícipes dessa sociedade. Ao contrário, muitas vezes, convive-se silenciosa e acomodadamente, sem contestar os problemas socias, interpretando e justificando-os de que os mesmos sempre existiram ao longo da história da humanidade, por isso ” é natual ” a existência de uma sociedade desigual , na qual poucos são os beneficiados, enquanto
    à maioria quase nada lhe é concedido. Lamentavelmente, os avanços socias tem ocorrido lenta e tímidamente, reproduzindo-se as desigualdades de geração em geração ao longo dos tempos. Suas mensagens, Prof. Ivan, nos alertam e nos conduzem a refletir e a tomar atitudes justas e fraternas junto aos nossos semelhantes, no sentido de se contribuir para que o maior número de pessoas possa vir a desfrutar de uma existência mais igualitária, mais humana e mais digna de ser vivida. Obrigada por tudo. Um forte abraço.

    Maria Regina.

  • nilva araujo :

    tambem me sinto indignada com tanta falta de respeito em que estamos vivendo… diante da ganancia de quem se diz ser eleito para governar e no entanto, esse governar se transfomou em destruir a vida dos filhos de uma nacao… de um pais ameasado por se destruir a criacao de Deus… sinto uma grande tristeza diante destes dias passageiros. Obrigada, senhor Ivan

  • ADRIANO BALDINI :

    Fico deslumbrado com vossa bravura IVAN, vc realmente tem o chamado de DEUS, sejais instrumento DELE pra levar aonde quer que seja as sementes em corações leigos da verdade para que frutifique honestidade, carater, obediencia e acima de tudo BENÇÃOS provenientes do SENHOR JESUS, ha pessoas carentes dessas informações independente dos cargos que ocupem, um dia tudo acaba, mas antes do fim os propositos individuais devem ser concretizados.
    aBRAÇO!

  • Niedja Maria Guimarães :

    Ivan, minha semana foi maravilhosa desejo que a sua também tenha sido.
    Nos causa enorme indignação,vê crianças maltratadas, principalmente pelos próprios pais.
    Sempre grata pela sua mensagem,
    estou lendo meus e-mails agora , espero colocá-los em dia.
    abraços com carinho,
    Niedja

Links

Sem links